Para cuidar bem

Perda de peso: como posso ajudar meu familiar idoso?

Emagrecer durante o envelhecimento é muito mais frequente do que imaginamos. Ultimamente, tenho ajustado as calças do meu familiar idoso com muita frequência. Isso sugere que ele pode estar emagrecendo involuntariamente.

Com a idade há uma diminuição na quantidade de massa magra (músculos) e aumento da quantidade de massa gordurosa. A diminuição da massa muscular é chamada de sarcopenia que é parte do envelhecimento natural mas, pode ser intensificada pela diminuição da ingestão de alimentos, principalmente proteínas, pela inatividade física (movimentar-se pouco e ficar muito sentado), por mudanças hormonais e pela presença de doenças crônicas.

A menor ingestão de calorias e de proteínas pode estar relacionada a perda de dentes ou próteses mal ajustadas, a diminuição do apetite e do prazer em comer decorrente de depressão, isolamento, falta de diversidade de alimentos, redução do paladar e olfato.

Nosso cérebro precisa sentir fome e sinalizar que é hora de comer. Por isso, manter uma rotina de horários para as refeições é importante. A fome e saciedade se dá não só em função do ritmo biológico, mas também no convívio social que envolve as refeições. Comer sozinho ou comer uma comida sem gosto e desinteressante com frequência pode ser a fonte da anorexia (perda de apetite).

Os idosos ao iniciarem uma refeição atingem a saciedade precocemente (mais cedo do que as outras pessoas) o que pode fazer com que rejeitem ou demorem muito tempo para se alimentar, uma vez que não tem mais fome.

Com a redução da massa magra há diminuição do metabolismo basal, exigindo-se menor consumo de alimentos para manutenção das funções corporais. Menor metabolismo, menor consumo, maior perda de massa magra e como resultado pior força muscular e maior fadiga aos movimentos, levando a pessoa a ficar mais parada o que declina ainda mais a massa e força muscular. Com o tempo a mobilidade (capacidade de se movimentar de um lado para outro) fica prejudicada.

Mas, a redução da massa magra não ocorre só em pessoas idosas com baixo peso corporal. Pessoas obesas (com excesso de peso) podem falsamente parecer fortes mas, na realidade sua composição corporal pode também estar comprometida (ou seja maior massa gordurosa e menor quantidade de massa magra ou músculos).

A velocidade da perda de peso é um aspecto importante. Perder mais do que 4,5 kg em 12 meses é considerada uma perda significativa e que deve ser investigada mais a fundo. Uma medida simples é verificar a circunferência da panturrilha da perna direita, pois é uma medida indireta da perda de massa magra. Panturrilha com menos de 31 cm de circunferência indica sarcopenia.

Dicas para estimular o ganho de peso do seu familiar idoso:

  1. Monitore o peso do seu familiar idoso. Converse sobre os problemas de má alimentação.
  2. Oriente seu familiar a comer uma variedade de alimentos. Isso inclui frutas, legumes e vegetais, grãos integrais, leites e derivados desnatados ou com baixo teor de gordura, carnes magras, aves, peixes, feijão, ovos, sementes.
  3. Faça visita nas horas das refeições, se seu familiar idoso mora só.
  4. Comer só pode ser muito doloroso. Então, convide-o para fazer algumas refeições na sua casa.
  5. Ajude-o a providenciar a compra dos alimentos, estimulando-o a fazer a lista e providenciar um carrinho de compras, se necessário.
  6. Estimule seu familiar a manter a ida ao supermercado, quitanda, feira ou sacolão, é importante para a estimulação física e cognitiva. Só desestimule se o risco for maior que o benefício.
  7. Oriente pequenos lanches entre as refeições para ofertar calorias e nutrientes (queijos, frutas, vitaminas, yogurts).
  8. Estimule atividade física, mesmo que seja leve. A atividade física abre o apetite e fortalece músculos e ossos.
  9. Se necessário, leve seu familiar idoso no nutricionista para acrescentar um suplemento para fornecer nutrientes extras, além dos ingeridos por meio das refeições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu